(85)   3055.0505 (85) 3055.0505
(85) 98785.7745 (85) 98785.7745

Blog

Tratamentos para face minimamente invasivos

28 de novembro de 2014 Por: Blog,Face

O termo minimamente invasivo é um conceito subjetivo e relativo. Por exemplo, a retirada da vesícula biliar, hoje em dia, é feita por laparoscopia, um procedimento considerado minimamente invasivo em relação à tradicional laparotomia. Entretanto, ainda é muito mais agressiva que uma plástica facial ampla, do ponto de vista metabólico.

Portanto, utiliza-se o conceito de procedimentos minimamente invasivos, como aqueles que podem ser realizados na própria clínica, sem necessidade de recursos hospitalares e sem a necessidade de afastamento do paciente das atividades normais do dia a dia.

Procedimentos Minimamente Invasivos (para a Face)

Embora os princípios gerais do corpo sejam válidos para a face, existem diversas peculiaridades. Assim:

Flacidez: radiofrequência e volumizadores. A radiofrequência melhora a flacidez pela retração da pele, ao passo que os volumizadores melhoram o aspecto de esvaziamento causado pela evolução da idade. O volumizador mais utilizado é o ácido hialurônico, mas existem outras opções sintéticas e também naturais, como a gordura do próprio corpo.

Linhas de expressão: toxina botulínica e radiofrequência. Popularmente conhecida como Botox, a toxina botulínica também se apresenta através de outros fabricantes como Dysport e Xeomin. O produto deve ser injetado com o auxílio de micro agulhas e promove a paralisação de determinados grupos musculares que causam as linhas de expressão. A utilização da radiofrequência melhora principalmente a área dos olhos.

Qualidade da pele: peelings físicos e químicos. O tratamento da pele impacta diretamente no aspecto jovial do rosto. Essa é uma área de aplicação bastante vasta, com diversas opções de uso para cada caso. Entretanto, pode-se dizer superficialmente, que os peelings tem a capacidade de remover a camada morta da pele e estimular a hidratação e a produção de colágeno, conferindo um aspecto mais jovem ao rosto do paciente.

Os itens acima expostos são apenas um resumo superficial, para que o paciente possa se inteirar pela primeira vez com o assunto. Entretanto, há outros diversos procedimentos que não foram citados, como os fios líquidos e reposicionamentos faciais com descolamento compartimental por dióxido de carbono (CO2), que merecem ser expostos e informados aos interessados.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar