Evento

Em: 17/11/2016

Dr. Eduardo Furlani comenta sua participação do 53º Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica

Entre os dias 11 e 14 de novembro, tive a honra de participar do 53º Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica, evento que reuniu os maiores especialistas do Brasil e do mundo, que aconteceu no Centro de Eventos do Ceará. Na ocasião, fui o único docente cearense a participar da mesa redonda sobre “Percepção de redução do Nariz pela Rinoplastia de Aumento”.

Trata-se da principal mesa de discussão de nariz do Congresso, que é o segundo maior do mundo em número de cirurgiões plásticos. Contamos com o Dr. Carlos Inácio Almeida, de Belo Horizonte, como moderador, cirurgião experiente e renomado na arte da rinoplastia.

Como relatores, começamos com Volney Pitombo, do Rio de Janeiro, que dispensa apresentações. Seu tema foi: harmonia ponta, dorso e base do nariz. Ele levantou, fortemente, a ideia de que a harmonia é muito mais importante do que o tamanho.

Em seguida, Dr. Alfredo Borrielo, da Itália, falou sobre o nariz secundário (já operado previamente) e aproveitou o gancho da fala anterior para mostrar sequelas que podem acontecer com grandes reduções.

Finalizando a mesa, apresentei a teoria desenvolvida durante o meu mestrado, mostrando que o nariz pode ser reduzido com procedimentos de aumento localizado, em conjunto com as reduções necessárias. Isso abre o caminho para cirurgias mais harmônicas, mais estéticas, mais funcionais e minimamente invasivas.

Vale destacar ainda que o Dr. Carlos Inácio discutiu a abordagem de cada um dos especialistas com maestria e sensibilidade rara, comentando que ali estava a nata da cirurgia de nariz brasileira.

Relacionados:

Voltar